Blogosfera está chata né?

17 de outubro de 2014

Saudades do tempo em que blogar era algo divertido e descomprometido. Saudades de contar meu dia a dia e minhas descobertas como mãe simplesmente pelo prazer de contar. Saudades de quando o blog ou o facebook não eram um ringue. 

Quando foi que a internet se tornou esse lugar tão chato? Desisti há tempos de blogar no Test Drive Mami por isso, porque fazíamos só sorteios, só propagandas e deixamos de lado nossa essência, me lembro de como era gostoso no começo e aos poucos deixou de ser. Me lembro também que várias pessoas que escreviam no blog me dizerem que preferiam sair justamente porque deixamos de ter a nossa essência, e sabe de uma coisa? Elas tinham razão!


São tantas regras, tantos métodos e tantas bandeiras para serem levantadas e pra quê minha gente? Pra quê? Se o mais legal era dizer o que acontece com a gente e só. Ninguém blogava para pedir opinião. Ninguém blogava para defender um método ou uma ideologia. Há 4 anos atrás não importava se a criança nasceria de parto cesárea ou parto natural. Bastava que nascesse com saúde hahahahahaha.

Ficávamos doidas acompanhando a gravidez das amigas virtuais semana a semana! Aguardávamos ansiosas pelo relato de parto, era praticamente uma novela! Era tão legal! Depois acompanhávamos o diário, o relato dos primeiros dias, as dicas infalíveis e despretensiosas, isso era muito bom!

Saudades imensas dessa época, dá pra voltar no tempo? 

Vamos falar mais do assunto? Que tal ler este texto da Val Barbieri? E a versão dela e a minha para "jogando Candy Crush?

Outubro Rosa: Mutirão de reconstrução mamária

.:. Post recebido por email pela Assessoria de imprensa .:.

O mês de outubro marca o calendário por ser dedicado à conscientização do câncer de mama. Um passo importante para a recuperação da mulher é a cirurgia de reconstrução, que embora garantida por lei, ainda beneficia apenas uma pequena parcela das pacientes que são submetidas à mastectomia. Pensando em garantir que mais pacientes tenham acesso ao procedimento, o cirurgião plástico Henrique Muller promove desde 2011 o Mutirão da Reconstrução Mamária em Florianópolis. A ação conta com o apoio da Associação Brasileira de Portadores de Câncer (AMUCC) e da farmacêutica Allergan.

Nesta edição, o médico irá operar seis pacientes, de forma gratuita, nos dias 16 e 18 de outubro. “As pacientes selecionadas têm histórias de superação surpreendentes. Algumas delas esperam há mais de 10 anos para fazer a reconstrução”, conta Dr. Henrique Muller. As participantes fazem parte do Grupo de Apoio à Mulher Mastectomizada (GAMA), do Centro de Pesquisas Oncológicas de Santa Catarina, em Florianópolis. As cirurgias irão ocorrer na Casa de Saúde São Sebastião com o suporte dos Serviços Integrados de Anestesiologia (Sianest). O apoio da Allergan acontece por meio da doação dos implantes mamários de silicone. Presente na ação desde o primeiro ano, a empresa disponibiliza os implantes anatômicos da linha NATRELLE®, ideais para a reconstrução e que conferem um resultado mais natural.

O cirurgião Henrique Muller já atuava na área de reconstrução mamária antes de iniciar o projeto e, por isso, percebeu que havia uma oportunidade de prestar um serviço à população. “Comecei o Mutirão de Reconstrução Mamária por perceber que seria uma forma de ajudar pessoas que não têm condição de fazer o procedimento. A realização do projeto é muito importante para mim e para minha esposa, que sempre acompanha a ação de perto, pois sentimos que estamos fazendo a diferença”, conta o médico.

Simone Lopes, diretora executiva da AMUCC, destaca que são mais de 30 as integrantes do GAMA que aguardam uma oportunidade para se submeter ao procedimento reparador. “A reconstrução é uma parte do tratamento do câncer de mama por vezes esquecida. No Outubro Rosa, buscamos levantar a discussão de quão importante é que se cumpra a lei que determina a obrigatoriedade do procedimento pelo Sistema Único de Saúde”, afirma.

Além de colaborar com a autoestima destas mulheres, um dos principais objetivos da ação é chamar a atenção da população e dos órgãos públicos sobre a importância de se detectar o câncer precocemente. A iniciativa traz esclarecimentos sobre o tratamento adequado, a necessidade da mastectomia e, principalmente, colaborar para o retorno dessa mulher à sua rotina de vida com qualidade e autoestima.



Reconstrução mamária: um direito da mulher
A cirurgia de reparação da mama afetada pelo câncer é etapa fundamental no tratamento da doença, melhorando a qualidade de vida e resgatando a autoestima das pacientes. Pela sua importância na recuperação total do câncer de mama, a lei 12.802/2013 foi sancionada para garantir que todas as mulheres que forem submetidas à mastectomia no combate à doença tenham acesso à reconstrução mamária no Sistema Único de Saúde (SUS).

Embora a reconstrução seja um direito das mulheres, o Ministério da Saúde estima que foram realizadas pouco mais de 1300 cirurgias em 2012. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Mastologia, das cerca de 20 mil mulheres que precisam se submeter à cirurgia de retirada das mamas, menos de 10% saem dos centros cirúrgicos com os seios reconstruídos.

Câncer de mama no Brasil
O câncer de mama é hoje o segundo tipo da doença mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres, segundo dados do INCA – Instituto Nacional de Câncer. No Brasil, as taxas de mortalidade continuam elevadas e a sobrevida média após cinco anos está em torno de 60%, enquanto em países com melhor desenvolvimento essa taxa fica em torno de 85%. A taxa de mortalidade do câncer de mama no Brasil justifica-se, muitas vezes, pelo diagnóstico tardio. A demora na detecção do câncer também pode impactar na sobrevida da mulher. O diagnóstico precoce pode evitar a necessidade de interferências mais drásticas, como a mastectomia radical (retirada total da mama).

A Disney no quintal

9 de setembro de 2014

Todo ano, para comemorar e anunciar a chegada da primavera, o Epcot em Orlando, fica repleto de jardins com esculturas dos personagens mais famosos da Disney. Nâo é necessário um ingresso especial para ver o Flower & Garden Festival, os personagens ficam espalhados pelo parque e a cada ano são acrescentados novos personagens!







Flower & Garden Personagens

Flower & Garden Universidade Monstros

Flower & Garden Phines


Coisa mais linda né gente?

Especialistas alertam para a importância da higiene nasal

27 de agosto de 2014

Sugestão de Pauta #atitudespararespirarbem

Segundo estudos, a prática de higienização nasal reduz os sintomas de rinite alérgica e pode prevenir infecções respiratórias.
Para mensurar a gravidade do tema, a poluição atmosférica foi responsável pela morte de 3,6 milhões de pessoas no mundo em 2012, contra 800 mil em 2001.

Uma campanha chamada “Atitudes para respirar bem” pretende chamar a atenção de todo o Brasil para a importância da higiene nasal como forma de prevenir doenças respiratórias. Segundo os especialistas, a higienização nasal previne as crises alérgicas porque ajuda a descongestionar as vias aéreas superiores, fazendo com que o nariz fique limpo das impurezas que normalmente irritam a mucosa. Estudos mostram ainda que a prática da higienização nasal diária com solução de cloreto de sódio reduz os sintomas de rinite alérgica e pode prevenir infecções respiratórias.

“É muito importante manter a lavagem nasal diária com solução de cloreto de sódio, mais conhecido como soro fisiológico. Esse é um hábito que precisa ser incorporado ao dia a dia da população como forma de prevenir e minimizar a incidência de problemas respiratórios”, afirma o Dr. Gustavo Wandalsen – médico pediatra professor adjunto da disciplina Alergia, Imunologia Clínica e Reumatologia do Departamento de Pediatria da Escola Paulista de Medicina – UNIFESP.

A higienização diária fluidifica as secreções, ajudando em sua eliminação e, consequentemente, mantendo a mucosa nasal livre de impurezas. “Hoje em dia, existem soluções de cloreto de sódio a 0,9% em spray, como Sorine, que facilitam a limpeza em adultos e crianças”, conclui o Dr. Gustavo.

A campanha traz uma grande prestação de serviço para a população – por meio do site www.inspiracaoverde.com.br – com acesso a dicas de como ajudar a cuidar do ar que respiramos, entre outras informações importantes para manter uma respiração saudável, como, por exemplo:

• Evitar permanecer muito tempo em ambientes muito refrigerados.
• Criar o hábito da higiene nasal com lavagens diárias com soro fisiológico. 
• Não usar descongestionantes nasais sem indicação médica. 
• Se houver secreções, evite fungar. Assoar o nariz sem muita força, usando lenço descartável. 
• Manter o ambiente de dormir bem arejado. 
• Pessoas alérgicas devem evitar  roupas de lã, carpetes, bichinhos de pelúcia, cortinas de pano e colchas felpudas. 
• Na faxina de casa, evitar usar espanador. Prefira um pano úmido.


Durante um mês, por meio das mídias sociais, a campanha pretende disseminar a hashtag #atitudespararespirarbem como forma de conscientizar as pessoas da importância de cuidar do ar e também de incorporar o hábito da higienização nasal diária.


Também temos algumas dicas para ajudar a combater a poluição:





E você, tem alguma dica bacana para proteger seu filho em meio a tanto tempo seco e poluição?

Os Goonies - eu quero!!!!

29 de julho de 2014






Eu sou completamente apaixonada pelos bonecos da série Pop! da empresa Funko, existem todos os tipos de personagens que você pode imaginar, tem de desenhos animados à personalidades! Podemos encontrá-los por cerca de 9 dólares no Amazon. Não tenho certeza se enviam para o Brasil normalmente, eu simulei uma compra e o sistema acatou meu endereço mas como sou medrosa não tentei fazer checkout rs! Se alguém conseguir comprar me conte!

A coleção dos Goonies é composta por 5 bonecos de 9 centímetros aproximadamente, assim sendo: Bocão (Corey Feldman), Mickey (Sean Astin), Gordo (Jeff Cohen), Dado (Jonathan' Ke Huy Quan) e o Sloth (John Matuszak), todos vestidos com as roupas usadas no filme, só o Sloth que não vem com a roupa do Superman mas eu compraria mesmo assim!!!!








Não dá vontade de comprar todos?

Keka

Chefs Especiais - um trabalho lindo!

7 de julho de 2014

Conheci o trabalho dos Chefs Especiais através do Facebook na Fanpage deles e no Blog. 

Nossa missão é facilitar a autonomia de pessoas com Síndrome de Down e inseri-los na vida e na sociedade como referência, qualidade e inspiração através da gastronomia.

O projeto dispensa quanquer tipo de comentário, afinal é maravilhoso o trabalho de inclusão feito por eles! 




Você conhece os Chefs Especiais?

Em um dia comum e de muita correria na Avenida Paulista, um dos pontos mais movimentados da cidade de São Paulo, os Chefs Especiais mostraram para milhares de pessoas que um gesto especial pode deixar um momento muito saboroso e cheio de sorrisos. Confira o vídeo:

  


Criado pelo casal Simone e Márcio Berti, em 2006, o projeto Chefs Especiais já ajudou a inserir na sociedade mais de 200 jovens com síndrome de Down pelo ensino da gastronomia. A JBS, detentora de marcas como Friboi, Seara e Swift, é a principal apoiadora da iniciativa, que visa transformar cada vez mais pessoas por meio do prazer de cozinhar.

Pequenas Misses ou Show de horror?

3 de julho de 2014

O Programa Pequenas Misses, exibido no Canal Discovery Home & Health  é um Show de Horrores. Mães e Pais que certamente são pessoas frustradas e fazem com que pequenas crianças participem de concursos cansativos e absurdos em prol de prêmios altíssimos e com altos padrões de exigências em relação à beleza.

As famílias gastam cerca de US$ 6.000 dólares em vestidos, preparadores, maquiagem e cabelo. São unhas postiças, clareadores dentários, bronzeamento artificial, cílios postiços e apliques em crianças com menos de 3 anos!

Não contentes com isso, vemos crianças reclamando do cansaço, fazendo birra para não entrar nas apresentações e exaustas com tudo isso e do outro lado, pais e mães fingindo que nada está acontecendo e achando completamente normal!



Há crianças que apanham por não ter ganho uma coroa, crianças que se sentem mal por não terem se saído bem num concurso de beleza. Fiquei chocada com um pai que no episódio de hoje queria que a filha parasse de brincar para ensaiar, gente, essas crianças não são crianças? Não tem o direito de brincar? Tem que imitar a LadyGaga pro pai dela ficar feliz?

Em uma sinopse do programa que vai passar amanhã, 04/07 às 10:30, fica claro que o desejo de ser Miss é da mãe e não da criança!

Pequenas Misses: Carinhas Novas
  • Variedades / Reality Show Lily, de 3 anos, é uma menina voluntariosa cuja mãe deseja transformá-la em uma princesa. Ashley-Noelle, de 2 anos, segue os passos da mãe nos concursos infantis e não se contenta com menos do que a coroa de vencedora.


Além de toda essa loucura que você já deve ter visto na televisão há também a erotização precoce destas crianças, elas se apresentam com trajes de banho e pasmem, hoje me deparei com um episódio onde a menina de apenas 3 anos entra vestida de anjinho e ao tirar a roupa está vestida de Madonna (Oi?)


Sério mesmo que isso é normal? Que ninguém percebe o que estão fazendo com estas crianças? Que não existe pedófilo nos EUA?

Deixo aqui o meu relato inconformado e se você ainda não assistiu, veja os horários dos próximos programas!

Posters divertidos

2 de julho de 2014

O Designer carioca, Lucas Pamplona, criou uma série de cartazes intitulado: "Essa é minha mãe!". O resultado é algo super bacana e divertido, dá vontade de imprimir tudo, emoldurar e decorar a casa com os dizeres, afinal, quem nunca?

Bolo Integral de Maçã

30 de junho de 2014

Hoje testei uma receita nova que estava há muito tempo querendo adaptar, a receita original é do site Tudo Gostoso, adaptei colocando farinha integral e açúcar mascavo. 

Assei em forma de silicone, então não precisei untar e nem enfarinhar. Por cima polvilhei açúcar com canela, esta foi a única parte que o açúcar refinado entrou porque usei açúcar mascavo na receita. Não coloquei sal na massa, esqueci mas mesmo assim deu certo!

O que é muito bacana é que usamos a casca da maçã no bolo, achei ótimo!




Olhem que delícia por dentro? Cheio de pedacinhos de maçã!






Ingredientes



  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 1 xícara de farinha de trigo integral
  • 2 xícaras de açúcar mascavo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 1 colher de sopa de canela em pó
  • 1 pitada de sal
  • 3 ovos
  • 3 maçãs grandes
  • 1 xícara de óleo de canola




Modo de fazer

  1. Unte e polvilhe com farinha um tabuleiro médio (23×35), ou uma fôrma de buraco no meio
  2. Em uma tigela grande, peneirar a farinha e o açúcar
  3. Juntar os demais ingredientes secos
  4. Reservar
  5. Descascar as maçãs, reservando as cascas
  6. Picar em cubinhos
  7. Bater no liquidificador os ovos, o óleo e as cascas da maçã
  8. Juntar essa mistura na tigela com os ingredientes secos e misturar delicadamente
  9. Junte as maçãs picadas, misture e despeje na assadeira
  10. Asse por cerca de 40 a 50 minutos em forno médio
  11. Depois de pronto polvilhar açúcar e canela

Inalador Compressor ou Ultrassônico? Tem diferença, sabia?

28 de junho de 2014

Eu não sabia que havia diferença entre inalador ultrassônico e inalador compressor (aqueles barulhentos de copinho) até me deparar com esta informação. O inalador ultrassônico é excelente mas é indicado para uso de inalação com soro e broncodilatadores como Berotec e Atrovent.

O que tenho ultrassônico é o Pulmosonic Star:


Ele é ótimo, seguro e super rápido, não tem choro na hora da inalação mas é apropriado somente para soro e broncodilatadores como disse anteriormente.

Para um tratamento eficaz com medicações como Clenil (que foi o nosso caso) e Pulmicort que são coerticóides o mais indicado é utilizar inaladores compressores, como este da Omron que compramos:


Ele é super demorado mas é mais eficaz pois não esquenta a medicação e não quebra o efeito do medicamento. Tem menos ruído do que os que eu conhecia mas não é silencioso.

Enquanto eu estava na farmácia fui logo pesquisar no Tio Google pois uma amiga minha havia dito que o meu inalador ultrassônico não serviria para o tratamento por conta do uso da medicação. Fui direcionada ao blog da Aninha, Look Bebê e lá tinha um post bem esclarecedor e completo sobre o assunto. Além de pesquisar sobre as especificações dos fabricantes ela consultou especialistas que explicam justamente a questão do tipo de inalador indicado para cada tipo de tratamento. Vale a pena conferir o post também.



Photobucket